Preciso de um tarja preta urgente!

tarjaaa

Oi gente! Que eu sou muito ansioso, todo mundo já sabe, esses dias até postei sobre a faxina na casa e na alma e de fato ajuda muito. Mas esperar pelo tratamento e problemas de diagnósticos definitivos é desesperador. kkk Como se não bastasse isso, parece que tem uma parte do meu cérebro encarregada de me lembrar a cada meia hora que tô com câncer kkkkkk
A ansiedade não é boa amiga, comecei a dormir mal, a comer mal, junto com isso apareceu o mau humor e a sensibilidade extrema. Eu nunca fui mal humorado na vida, desteto gente mal humorada. Mas agora, o que as pessoas me falam, às vezes, me faz chorar ou ter raiva, coisas que não me incomodariam antes. Não podemos dizer:  “Nooossa como o Léo era um menino normal”, sempre tive certa tendência para a loucura. haha Mas agora, estou começando a não me reconhecer. O Blog, a academia, a faxina, o centro espírita, tudo isso tem contribuído para liberar a tensão, mas eu estou surtando.
O meu discurso geralmente é firme, alegre e descontraído, mas por dentro é cada medo, cada paranoia, na rua sorrindo, no banheiro chorando. Minha tática é fingir que tô bem até ficar, mas isso não é sempre bom. Então, ontem voltei na oncologista para ver uns resultados, aproveitei e pedi um tarja preta, um remédio pra me deixar dopado kkkk.
É claro que ela não me deu um tarja preta, ela sentiu certo exagero da minha parte (sou técnico nisso). Ela me receitou um remédio ansiolítico que chama venlafaxina (tem faxina até no meu remédio – a faxina me persegue). kkkkkk
Estar com câncer, assim como qualquer outra doença grave, é um momento para compreender que a sua vida só depende de você, você tem amigos, família, certo apoio, mas a única vida que muda mesmo é a sua, se você morrer amanhã todo mundo vai chorar, mas daqui um tempo passa e a vida de todo mundo continua. Então não resolve pagar de herói, de forte, você precisa atravessar seu deserto da melhor forma possível, nem que precise de um remedinho controlado kkkk beijos

Anúncios

Câncer, ansiedade e faxina: na casa e na alma

fxinaaa

Quando o câncer aparece na vida da gente, junto com ele vem a ansiedade, acho impossível ter câncer e não ter ansiedade. Algumas pessoas tem um pouco, outras mais, eu tenho muuuuita. Ainda mais nesse período em que ficamos afastados do trabalho, das rotinas, das festas, etc. Então são três problemas: o câncer, a ansiedade e a falta do que fazer. kkkkkkk

Então tomei 2 atitudes que ajudaram muito:

UM: FAXINA NA ALMA: Nesse último sábado, resolvi ir a um Centro Espírita, eu já havia recebido o convite há um tempo, mas só sábado tive a disposição. Eu confesso que estava com medo, eu achei que chegaria lá e seria tipo uma macumba. Mesmo sabendo que há varias vertentes, eu não queria apelar para os que já se foram. kkk Sim, sou cagão, morro de medo. Mas fui, acordei 6 horas da manhã, peguei o carro e fui (rezando), chegando lá, não era nada disso. Me deparei com um lugar iluminado, eu diria, recebi “passes”, orações, orientações e muuuuita energia positiva. Não me pediram nem um real, nem me constrangeram, não me disseram o que era certo ou errado, somente me deram amor, carinho e energia. A noite de sábado para domingo, foi a melhor noite de sono que tive depois dessa história de câncer. Sábado vou voltar lá de novo. kkkk a gente não pode negar o que é bom.

DOIS: FAXINA NA CASA: Desde a descoberta do caroço e do afastamento do trabalho, eu tenho tido um pouco de insônia, ansiedade e falta do que fazer. Então, como os que me conhecem já sabem, eu adoro uma faxina, tenho focado nelas. kkkk Comecei a pensar demais, comecei a ter medo, pego a vassoura e vou limpar a casa, lavar tapete, aspirar o sofá, passar pano, se deixar eu passo pano 3 vezes por dia na casa. Quando eu vejo, a ansiedade se foi e a sujeira também. É muito importante para quem passa ou passará pela quimioterapia ter uma casa limpa, ainda mais que tenho gatos. Uma casa suja e bagunçada é uó, Deus que me defenda, a energia é negativa, então por favor, deu ansiedade, faxinem suas casas. – Léo, você falando assim, parece que você tá meio neurótico com faxina. – Sim, estou! Mas é melhor ser ligado com a faxina que tira o stress e a sujeira, do que com a preguiça, que mantém a casa suja, a depressão e as bactérias. kkkkkkk #faxinaJá

Minhas sugestões são: limpe sua alma da forma e no lugar que achar melhor. Limpe sua casa todo dia, coloca uma música, o zezé di camargo é ótimo pra faxina, cada espanada é um choro, mas alivia. Sujeira na casa e na alma não dá certo, nem pra ansiedade, nem para quem tem câncer. Beijos 😀

Pode chamar de câncer, ele vai tentar te matar de qualquer jeito.

not_20170922341346643_original

Eu já estava com vontade de escrever sobre o medo da palavra câncer e hoje, vendo um trecho de Harry Potter, acho que descobri um bom “link”. kkkk
Eu não sei se vocês gostam e assistiram Harry Potter, mas durante a história, existia um bruxo do mal, que se chamava Lord Voldemort, as pessoas não falavam o nome dele, por medo de atraí-lo e ele acabar os matando. Era um tabu! Todo mundo o chamava de “você-sabe-quem” ou “aquele-que-não-deve-ser-nomeado”. No último filme, o Lord Voldemort estava prestes a invadir o Castelo, na batalha final, o professor Fílio Flitwick disse a professora Minerva McGonagall: “mas você-sabe-quem…”. Ela o interrompeu e disse:

o nome dele é Voldemort! Pode começar a chamá-lo assim, ele vai tentar te matar de qualquer jeito!”

Independe de falar ‘você-sabe-quem” ou Lord Voldemort, ele estava ali pronto para atacar e destruir. O câncer é exatamente assim, você pode chamar de CA, neoplasia maligna, tumor maligno, doença, “problema de saúde” sei lá o que, ele vai tentar te matar de qualquer jeito e ficar preocupado com a nomenclatura não vai te ajudar em nada. kkkkkk
Para quem não tem (e eu quando não tinha), esse nome “câncer” é pavoroso, dá medo, assusta, mas depois que você está com ele, o nome é o que menos importa. Você quer é se livrar logo. Muitas pessoas me dizem para não falar “câncer”, que essa palavra é pesada, carregada, traz coisas ruins e eu fico agradecido das pessoas terem esse cuidado para comigo. Mas sinceramente, o melhor é você aceitar a doença que você tem e lutar.
Eu acho importante aceitar o câncer, aceitar o nome, o tratamento, as implicações. Tudo que é tabu não me agrada, quando mais importância e mistificação colocamos em uma coisa, mais complicada ela me parece.
Quando vou conversar com as pessoas, elas ficam dando voltas, eu percebo que estão com medo de falar “câncer”, ai eu ajudo e logo solto: “esse câncer que eu tenho…” “agora com esse câncer vou ter que…” “apesar do câncer, tô bem”, sempre vejo olhos arregalados kkkkkkkkkk. Eu não sou do tipo que fala: “estou com um probleminha de saúde” ou “estou tratando da saúde”. É câncer e pronto. kkkk
Você tem que peitar a situação, sem tentar suavizar demais, sem ter vergonha da sua doença, ela faz parte de você agora, é uma luta a mais, uma experiência a mais, desagradável (EU NÃO GOSTO DELE), mas é um fato, escondê-lo não vai me ajudar em nada, até porque devemos difundir assuntos sobre o câncer, as pessoas precisam saber que ele está ai e do que se trata. Beijos 😀

Resultados de exames levam a loucura

leeeer

Gente, hoje saiu o resultado do PET (exame de imagem que detecta as atividades metabólicas e identifica os tumores). Fui lá, aflito e desesperado buscar o exame. Eles te entregam um envelope gigante e assustador, e é claro que eu abri na hora. Nele há um CD, as fotos e o relatório. As fotos são uma loucura, você consegue imaginar 700 tumores se quiser. O laudo vem com nome e siglas que parecem anunciar a morte. Contudo, os tumores, no meu caso estão concentrados somente na região cervical, não disseram as quantidades, mas disse que juntos medem 2,5 cm e que não há áreas patológicas adicionais.
Gente, eu acho que esses resultados só poderiam ser retirados pelo médico e ele nos entregar junto com as explicações. Pensa bem, hoje é quinta-feira e a consulta com o oncologista é na segunda, ou seja, 4 dias de desespero e loucura, por não conseguir compreender tudo que está ali. kkkkkkk
É claro que fui na internet ver alguns dados e siglas, já estou até com dor no fígado, coisa que nunca tive, mas lá disse fígado, minha cabeça já entendeu que tem que doer então. kkkkk Assim como o resultado da biopsia, o do PET me deixou maluco. Ler e tentar interpretar o resultado de exames é algo muito perigoso, principalmente para pessoas com problemas de ansiedade, desespero, viagem e imaginação fértil (eu tenho essas 4 coisas em níveis absurdos).
Você não pode comer doce, nem beber uma cerveja, nem fumar um cigarro para matar a ansiedade, o que te resta são quatro dias de tortura. Depois vou dar essa ideia pra alguém (que não sei quem), que exame vá direto para o médico. Bjs ansiosos

O câncer e as pessoas sem noção

genteee
Gente, quando você recebe o diagnóstico do câncer, você precisa de várias coisas, incluindo senso de humor, paciência e um psicológico estável, porque se a doença não te matar, as pessoas te matam. É cada coisa que a gente escuta e lê que Deus que me defenda.
Encontrei com uma mulher que me disse: nossa, o problema é que câncer nunca tem cura né?! A pessoa faz tratamento ali, outro lá, mas nunca resolve.
Oi?! kkkkk Mesmo que fosse uma verdade (coisa que não é, câncer tem cura) para que essa mulher tem que falar isso? Se você tá mal, você até chora. kkkkk
Meu pai, sumido há 10 anos, ligou dizendo que esse câncer é um castigo de Deus pela vida que levo (por ser gay). Se todos os viados do mundo forem ter câncer, 70% dos homens vão morrer de câncer. kkkkk (deve ser mais de 70) kkkk
No facebook, pessoas perguntando como eu peguei esse câncer? Vê se pode?! kkk Ele que me pegou gente.
Mas o pior até agora é quando alguém chega perto de mim e chora. Eu me sinto de terno em um caixão. Gente, não chora na minha frente, por favor. Quando olham para mim com uma cara de piedade e me perguntam: e aí amigo, como você tá? kkkkk Pode perguntar como eu estou, mas sem cara de piedade.
Eu ainda levo numa boa, eu fico é rindo. Mas dependendo da pessoa que está com a doença, você mais assusta e deprime do que ajuda.
Acho que o interessante é você, sua família e amigos levarem a vida o mais normal possível. É claro que todo mundo pergunta, se preocupa e etc, normal, mas tem que ser sem drama, sem choro e sem falar que câncer não tem cura. Eu preciso de esperança gente!! 😀 beijos

 

Se a vida te der um limão, faça uma limonada, ou melhor, uma caipirinha.

caipiiii

Oi gente! Ontem, minha amiga Ingrid me mandou uma mensagem dizendo que me admirava por minha postura mediante às circunstancias da vida e usou esse ditado “Se te dão limões você faz uma bela limonada. Ou melhor, uma ótima caipirinha”. 
Acho que ela falou isso porque sabe que adoro uma cachaça kkkk.
Eu preciso ser sincero, depois da descoberta do linfoma, eu tenho medo o tempo todo, medo de ficar limitado, medo do câncer ir e voltar, medo de viver uma vida de hospital e remédios, medo da quimioterapia, medo de ter que interromper todos os meus sonhos. Isso fica na minha cabeça o dia todo. Apesar da evolução na medicina, câncer é câncer, só uma pessoa muito ignorante não teria medo. Mas eu não sei o que aconteceu comigo, tem horas que me pergunto: Léo, você não vai desabar não meu filho? Cadê o choro? E o drama, que você sempre faz para tudo?
Eu não sei responder, eu já tive que sair de casa, já passei apertos de grana, já terminei namoros, já tive problemas grandes para enfrentar no trabalho, já perdi pessoas amadas e sempre procurei ver tudo com positividade. Na verdade sou meio retardado, eu vejo graça em tudo, acho que isso facilita um pouco meus momentos difíceis. Acho que o que me da força são as pessoas que amo, eu sempre fiz muitos amigos. Tem tanta gente rezando e torcendo por mim, que eu não tenho o direito de deixar a peteca cair. Eu nunca acumulei muita grana, nem bens, eu acumulei momentos, viagens, amigos e amores e isso tem sido meu apoio nesse momento.
Quem me conhece, sabe que sou apaixonado pela Dercy Gonçalves, acho que ela foi e é um exemplo de esforço, felicidade e irreverência. Ela disse uma frase que amo e uso muito: “Eu não vi a banda passar, eu fui junto com ela”. Para mim, isso significa que não nasci para ser coadjuvante na minha vida, enquanto houver vida, que seja feliz. Mesmo com alguns medos, dá para distrair, me bate uma deprê, vou dar uma faxina na casa, fazer uma comida, ver um programa engraçado (tô assistindo Honey boo boo, no TLC é muuuito bom). Eu não posso decidir se o câncer vai me matar, mas eu posso decidir como viver até lá.
Então fiz o blog para me distrair, entrei em grupos de Linfoma no facebook, já conheci muitos casos de sucesso e cura, tô fazendo vários amigos, conhecendo pessoas incríveis, baixei o manual do INCA com os benefícios do portador de câncer kkkkk, posso comprar um caro zero com 30% de desconto e não pagar IPVA. Eu fui feliz em todas as fases da minha vida, vou tentar ser no câncer também. Bjs (tô louco para tomar uma caipirinha)

 

PET Scan e o drama da agulha

acesso PET

Gente, esse exame PET-SCAN é bem louco. Começa ruim porque tem que fazer jejum, detesto jejum, kkk depois tem que por um acesso na veia, que precisou de 3 tentativas pois minha veia resolveu dar piti e sumiu. Eu morro de medo de agulhas!!! Não satisfeitos, te colocam numa sala e você fica 1 hora sentado bebendo um líquido ruim (chamado Optiray) de 20 em 20 minutos.
Depois chega uma enfermeira com uma maleta de ferro com uma seringa toda prateada  e um símbolo atômico (rola uma tensão, é uma cena tipo filme de ficção) e injeta a radiação na veia, na hora gela o braço, o corpo e a alma. kkkk depois de 4 horas e do lanche, tá liberado.
O PET é um exame caro e moderno. Ele é capaz de detectar células tumorais desde muito pequenas e recentes, o que é muito importante para determinar o estadiamento da doença. Se você tem linfoma ou a suspeita dele e não fez o PET, tem que fazer. O resultado demora 5 dias e depois dele, vou partir para a tão esperada e temida: quimioterapia.